Trecho da Avenida Desembargador Moreira começa a operar em sentido único a partir de segunda-feira (13)

Por G1 CE

09/01/2020 13h02 Atualizado há 3 dias

O tráfego de veículos na Avenida Desembargador Moreira, no Bairro Meireles, em Fortaleza, se dará em sentido único entre as avenidas Dom Luís e Beira Mar, a partir da próxima segunda-feira (13), no sentido Sertão/Praia. O calçamento da área será estendido em um espaço para pedestres e ciclistas, ligando a Praça Portugal, na Aldeota, ao calçadão da Beira Mar.

Para trafegar no sentido Praia/Sertão, os veículos devem acessar as ruas Osvaldo Cruz e Barbosa de Freitas a partir de segunda-feira.

As obras na Desembargador Moreira iniciam já nesta quinta-feira (9), na extensão entre as avenidas Pontes Vieira e Abolição. Serão feitas a requalificação e a sinalização das vias paralelas, por onde o tráfego de carros ocorre no sentido Praia/Sertão. A obra teve investimento de R$ 11,2 milhões e deve durar 12 meses. A requalificação na via foi dividida em três áreas:

  • Trecho 1: da Av. Pontes Vieira até a Av. Pe. Antônio Tomás
  • Trecho 2: da Av. Pe. Antônio Tomás até a Av. Dom Luís
  • Trecho 3: na Av. Dom Luís até a Av. Abolição

De acordo com o Prefeito Roberto Cláudio, a ligação dos corredores comerciais da Dom Luís e da Abolição deve prestigiar a atividade comercial e intensificar a renda. “A gente espera garantir melhor segurança viária e comodidade aos pedestres”, afirmou o gestor.

Nos dois primeiros trechos, as intervenções serão de requalificação do asfalto, calçamento e implantação de rampas de acessibilidade. No terceiro trecho, será implantado o calçadão, pavimento intertravado e infraestrutura cicloviária. As obras nesta área devem durar de 8 a 10 meses.

A ordem de serviço das intervenções dos trechos 2 e 3 foi assinada nesta quinta-feira (9). A obra no trecho 1 está submetida ao mesmo contrato de requalificação das Avenidas Dom Luís e Rui Barbosa.

De acordo com Manuela Nogueira, da Secretaria Municipal de Infraestrutura de Fortaleza (Seinf), a construção do calçadão visa atender a acessibilidade, o comércio e o turismo. “É uma obra para trazer essas pessoas, que não têm muito costume nessa área da cidade, a frequentar os espaços públicos”, afirmou a secretária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =